<$BlogRSDURL$>
Avenida dos Aliados
segunda-feira, agosto 09, 2004
  Aqui vai finalmente
a resposta ao enigma 2.
A ficha apresentada na fotografia, com o valor de 1/2 centavo e a data de 1913 foi produzida pela administração da Ponte D. Luís I para pagar as portagens referentes ao cruzamento da ponte nos eléctricos da CCFP (Companhia dos Caminhos de Ferro do Porto).
Os passageiros pagavam o bilhete normal para o eléctrico e, ao atravessar a ponte, teriam que desembolsar um acréscimo de 5 réis, que era a moeda de menor valor em circulação desde a década de 1880.
Com o 5 de Outubro, o sistema monetário português foi, como se sabe, alterado, tendo-se criado o Escudo, em Maio de 1911. O Decreto que criou o Escudo previa a emissão de pequenas moedas de 1/2 centavo, o equivalente aos antigos 5 réis. Contudo, em Junho de 1913, o chefe do governo, Afonso Costa, decidiu, por decreto, que os valores inferiores a 1 centavo deveriam ser eliminados, tornando a afixação de quaisquer preço em fracções de centavo ilegais. Este mesmo decreto (21 de Junho de 1913) determinou a abolição da portagem pedonal na Ponte D. Luís I, que era precisamente de 5 réis.
Assim, de Junho de 1913 em diante as pequenas moedas da monarquia de 5 réis (os valores superiores ainda circulavam) deixaram de ter curso legal. Para contornar este problema, a administração da ponte tinha duas soluções, a mais óbvia seria aumentar o custo das portagens para os passageiros de eléctrico para 1 centavo ou 10 réis, o que implicaria a duplicação do custo da portagem (medida impopular que traria consequências imprevisíveis); a segunda solução foi criar uma outra forma de pagamento através da emissão das fichas de 1/2 centavo que vimos no enigma 2.
A ficha tinha o diâmetro e o aspecto do anverso relativamente semelhante aos antigos 5 réis de D. Carlos e D. Manuel II e custava precisamente 5 réis. Inicialmente serviria exclusivamente para pagar a portagem dos eléctricos, contudo, há testemunhos que essas fichas entraram em circulação dentro da cidade do Porto e arredores, pelo menos em Vila Nova de Gaia eram aceites pelos comerciantes.
A inflação galopante que a I Guerra Mundial (1914-1918) gerou fez com que os 1/2 centavos da ponte deixassem rapidamente de ser utilizados e os aumentos acabaram mesmo por chegar.
Em 1920 as portagens da ponte foram definitivamente abolidas. MBP
 

Do Porto, pelo Porto, para o Mundo.
A Praça Nova está de volta!
Que trema o país...
Blog gerido por Jorge Ricardo Pinto (JRP) e Mário Bruno Pastor (MBP). Qualquer dúvida, insulto, comentário ou tentativa de extorsão, contactar: aliados.blog@portugalmail.pt

Arquivo
2004/04/11 - 2004/04/17 / 2004/04/18 - 2004/04/24 / 2004/04/25 - 2004/05/01 / 2004/05/02 - 2004/05/08 / 2004/05/09 - 2004/05/15 / 2004/05/16 - 2004/05/22 / 2004/05/23 - 2004/05/29 / 2004/05/30 - 2004/06/05 / 2004/06/06 - 2004/06/12 / 2004/06/13 - 2004/06/19 / 2004/06/20 - 2004/06/26 / 2004/06/27 - 2004/07/03 / 2004/07/04 - 2004/07/10 / 2004/07/11 - 2004/07/17 / 2004/07/18 - 2004/07/24 / 2004/07/25 - 2004/07/31 / 2004/08/01 - 2004/08/07 / 2004/08/08 - 2004/08/14 / 2004/08/15 - 2004/08/21 / 2004/08/22 - 2004/08/28 / 2004/08/29 - 2004/09/04 / 2004/09/05 - 2004/09/11 / 2004/09/12 - 2004/09/18 / 2004/09/19 - 2004/09/25 / 2004/09/26 - 2004/10/02 / 2004/10/03 - 2004/10/09 / 2004/10/10 - 2004/10/16 / 2004/10/17 - 2004/10/23 / 2004/10/24 - 2004/10/30 /

ADETURN
AEP
Agenda do Porto
ANE
ANJE
APOR
Área Metropolitana do Porto
Arquivo Distrital do Porto
Associação Comercial do Porto
Associação das Universidades da Região Norte
Associação do Porto de Leixões
Associação de Amigos dos Animais do Porto
Ateneu Comercial do Porto
Boavista Futebol Clube
Câmara Municipal do Porto
CCRN
Coliseu do Porto
Conservatório de Música do Porto
DREN
Eixo Atlântico
Exponor
Fantasporto
Federação Académica do Porto
Feira do Livro do Porto
FDZHP
Fundação Serralves
Futebol Clube do Porto
Governo Civil do Porto
Instituto Politécnico do Porto
Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto
Instituto Orff do Porto
Jornal de Notícias
Jornal Digital do Norte
Jornal Voz Portucalense
Metro do Porto
ntv
O Comércio do Porto
O Jogo
O Norte Desportivo
O Primeiro de Janeiro
Palácio da Bolsa
Porto Convention Bureau
Porto de Partida
Porto Digital
Porto Tours
Porto Turismo
Porto XXI
Porto 2001 - Casa da Música
Rádio Nova
SMAS
Sport Club do Porto
Sport Comércio e Salgueiros
STCP
Teatro de Marionetas do Porto
Teatro Nacional São João
Tribunal da Relação do Porto
Universidade do Porto

Blogs
A Baixa do Porto
A bordo
Abrupto
A Chama do Dragão
Acuso! "1"
Adufe.pt
Alberto Velasquez
A Montanha Mágica
A Nicotina do Sonho
A Outra Margem
Avatares de um Desejo
Aviz
Azia do dia
Barnabé
Bateria da Vitória
BioTerra
Blasfémias
Blog de Esquerda (II)
Blogoexisto
Blogopédia
Bloguida
Cabo Raso
Carago... sim, Carago!
Causa Liberal
Cine-Teatro Avenida
Comboio Azul
cravo e canela
Critica do Norte
Cruzes Canhoto
Curva
Daedalus
desNorte
Dias com Árvores
Do Portugal Profundo
Educação Accionária
encapuzado extrovertido
Esperança Portista